A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária deteve um homem de 55 anos, pela alegada autoria de um  crime de incêndio florestal, ocorrido em Penafiel.

Segundo a PJ, o fogo ocorreu na sexta-feira, pelas 11:45, "tendo colocado em perigo uma zona florestal de grande dimensão e várias habitações, cujo alastramento só foi possível evitar com a célere intervenção dos bombeiros".

O detido foi presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial, ficando obrigado a apresentações semanais no posto policial da área de residência.

Desde o início do ano, a PJ identificou e deteve 44 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Também hoje aquela autoridade anunciou ter detido um outro suspeito de ter ateado um fogo, esse em Vila Nova de Poiares.