Um cidadão português, de Lisboa, foi intercetado na quarta-feira pela Guardia Civil espanhola na fronteira do Caia, entre Badajoz (Espanha) e Elvas, por tentar sair de Espanha com mais de um milhão de euros em dinheiro, sem declarar.

Segundo o jornal Hoy, de Badajoz, o homem, que viajava acompanhado por pelo menos outra pessoa, transportava na mala do veículo, de matrícula portuguesa, 1.027.350 euros, sem a necessária declaração de saída de capitais.

O homem terá afirmado que o dinheiro era proveniente de negócios efetuados em Madrid e tinha como destino a cidade de Lisboa, referindo ainda que "desconhecia que tinha de efetuar a declaração" para sair de Espanha com o dinheiro.