Dois dos três feridos no incêndio numa associação recreativa em Tondela e que estão internados no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) mantém-se com prognóstico reservado, foi revelado esta terça-feira.

Os dois doentes, internados na Unidade de Queimados do Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva e Queimados, estão “entubados e ventilados e mantêm prognóstico reservado”, refere uma nota do CHUC enviada à agência Lusa.

O terceiro doente, também do sexo masculino e igualmente internado na Unidade de Queimados, “está a evoluir favoravelmente”, acrescenta o mesmo comunicado.

Entretanto, um outro ferido também vítima do incêndio numa associação recreativa de Vila Nova da Rainha, no concelho de Tondela, distrito de Viseu, no dia 13, teve alta para o domicílio ao final da tarde de segunda-feira, adianta o CHUC.

Este incêndio nas instalações da associação recreativa em Vila Nova da Rainha provocou, nesse dia, oito mortos e 38 feridos, entre graves e ligeiros, mas o número de mortos entretanto aumentou para onze.

A morte mais recente ocorreu pelas 03:00 de segunda-feira, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde faleceu um homem, elevando para onze o número total de vítimas mortais do sinistro.

Nos dias 17 e 27 morreram dois feridos que estavam internados, respetivamente, nos hospitais da Prelada e de São João, no Porto.