A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, deteve um homem que descarregava ficheiros pornográficos da Internet e depois os partilhava em redes privadas, foi esta quinta-feira anunciado.

Um comunicado da PJ explica que o detido, de 40 anos, solteiro e sem profissão, foi detido em flagrante delito e é suspeito da prática do crime de pornografia de menores.

A Polícia Judiciária detetou nos sistemas informáticos utilizados pelo suspeito diversos ficheiros com conteúdo pornográfico (fotografias e vídeos), envolvendo menores, que ele depois partilhava através de redes privadas. Foram apreendidos vários discos óticos e três discos rígidos.

O homem foi presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação consideradas adequadas, tendo ficado proibido de aceder à Internet e de se aproximar de escolas.