As autoridades portuguesas e espanholas estão a realizar buscas no rio Minho à procura de um espanhol, de 35 anos, elemento de uma banda que atuou na sexta-feira à noite nas festas de Torre de Lapela, em Monção.

Em declarações à Lusa, o capitão do Porto de Caminha, Gonzalez dos Paços, explicou que o músico espanhol foi dado como desaparecido na noite de sábado, e esta manhã iniciaram-se buscas no rio Minho.

Segundo o responsável, um pescador encontrou nas margens do rio Minho, junto ao parque das merendas de Lapela, uma boquilha do instrumento de sopro que o músico espanhol tocava.

Entretanto, foram também encontradas as chaves do carro do músico nas margens deste curso de água.

Já pedimos o reforço de mais mergulhadores, que se vão juntar à equipa de dois que desde manhã estão nas buscas", acrescentou à Lusa o capião Gonzalez dos Paços.

A banda espanhola atuou na sexta-feira nas comemorações do dia do concelho de Monção, que este ano foi assinalado com a inauguração do núcleo museológico da Torre de Lapela, um dos mais importantes monumentos do concelho.

A Torre de Lapela foi alvo de obras de conservação e requalificação no valor de 70 mil euros, comparticipadas por fundos comunitários.