Um incêndio numa fábrica de plásticos de Leça do Balio, concelho de Matosinhos, entrou em fase de rescaldo ao princípio da noite, tendo provocado, além de danos materiais, um ferido ligeiro, disse à Lusa fonte de uma das corporações de bombeiros envolvidas no socorro.

O alerta de incêndio nas instalações da Petibol foi dado por volta das 18:40, tendo sido registado, até ao momento, um ferido ligeiro, trabalhador da fábrica, que foi reencaminhado para o Hospital de São João, no Porto.

Segundo a fonte dos Bombeiros Voluntários de Leça do Balio, o incêndio encontra-se em fase de rescaldo, estando a decorrer operações de arrefecimento de uma das caldeiras da fábrica.

O diretor municipal de segurança e proteção civil de Matosinhos, Salgado Rosa, afirmou à Lusa que o incêndio iniciou-se enquanto a fábrica se encontrava em fase de laboração, acrescentando que o fogo destruiu cerca de 40 metros quadrados.

Salgado Rosa disse ainda que o incêndio deflagrou numa área restrita da fábrica e que, por esse motivo, pode ser possível retomar a laboração já na quinta-feira, enaltecendo o trabalho “notável” dos bombeiros que permitiu a extinção rápida do fogo.

No local, para além da corporação de Bombeiros de Matosinhos, estiveram os Bombeiros de Leça do Balio, S. Mamede de Infesta, Moreira da Maia, Leixões e Areosa.