A Polícia de Segurança Pública, no âmbito do programa Escola Segura, já deteve mais de 140 pessoas, apreendeu mais de 4.000 doses de droga e 17 armas desde o arranque do ano letivo, segundo uma nota divulgada hoje.

Segundo a PSP, desde o início das atividades letivas, o Escola Segura, que tem por missão garantir a segurança de 3.400 estabelecimentos de ensino, os agentes afetos ao programa já realizaram cerca de 880 contactos individuais, 240 ações de sensibilização e 580 operações a nível nacional, “nas imediações das escolas e nos percursos casa-escola dos alunos, pais, professores e auxiliares de ação educativa, com o intuito de prevenir a criminalidade, a delinquência e os riscos de segurança ligados à condução”.

Nas ações “especificamente orientadas para a comunidade escolar”, a PSP apreendeu “mais de 4.270 doses de droga e 17 armas”, tendo ainda detido mais de 140 pessoas, “a maioria das quais por condução com excesso de álcool (40) e tráfico de droga (35)”.

A PSP registou ainda “mais de 2.140 contraordenações rodoviárias e cerca de 30 por incumprimento de legislação sobre estabelecimentos, sendo a maioria por consumo de droga”.

De acordo com os números da polícia, o programa garante todos os anos a segurança de cerca de 3.400 estabelecimentos de ensino do pré-escolar ao ensino universitário e profissional, que abrangem quase 1.100.000 alunos e 144.000 professores e auxiliares.