Uma mulher de 52 anos, com queixas febris e dores abdominais fortes, foi retirada hoje de madrugada de um veleiro que navegava ao largo do Cabo Espichel, Sesimbra, e transportada para o Hospital de Setúbal, informou a Marinha.

O salvamento, efetuado pelo Navio da República Portuguesa (NRP) Centauro, ocorreu cerca da 01:00 de hoje, tendo a mulher sido assistida e encaminhada pelos Bombeiros Voluntários de Sesimbra, às 04:20, para o Hospital de Setúbal “em situação estável”, refere um comunicado da Marinha.

A operação de salvamento mobilizou meios do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), em articulação com o Centro de Orientação de Doentes Urgentes no Mar (CODU-Mar), do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

A mulher encontrava-se a bordo do veleiro de bandeira brasileira Luthier, que, na altura, navegava a 55 milhas a sudoeste do Cabo Espichel (Sesimbra).

O alerta foi dado ao VTS – Centro de Controlo de Tráfego Marítimo do Continente por um navio mercante que se encontrava a navegar perto do veleiro Luthier.

A situação da tripulante de nacionalidade brasileira foi, depois, avaliada a nível clínico pelo CODU-Mar que determinou a necessidade do resgate.