Um acidente entre uma carrinha de matrícula portuguesa e um camião de matrícula romena provocou um morto e sete feridos, em Salamanca. A vítima mortal é um português de 27 anos, de Leiria.

O acidente ocorreu pelas 07:05 da manhã, na autoestrada A-62, em direção a Salamanca, ao quilómetro 269, perto de Robliza de Cojos.

Veja também:

O homem que morreu terá sido projetado 300 metros desde o local da colisão, pelo que indica o jornal La Gaceta de Salamanca.

Regressavam de duas semanas de trabalho em França

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que a vítima mortal era natural de Marrazes, Leiria, e seguia na carrinha acidentada. Acompanhavam-no, segundo o Diário de Leiria, mais sete ou oito portugueses de Leiria e Peniche. Estariam de regresso a Portugal, depois de duas semanas a trabalhar em França.

Sete pessoas que seguiam nesse veículo ficaram feridas, uma com gravidade. Três feridos tiveram de ser hospitalizados e outras três pessoas sofreram ferimentos ligeiros. 

 À TVI24, uma jornalista deste jornal espanhol precisou que os feridos têm idades entre os 19 e os 49 anos.

As famílias das vítimas já foram informadas pela GNR. A investigação [do acidente] compete à Guardia Civil de Trânsito [espanhola], mas pediu apoio à GNR para contactar os familiares das vítimas", explicou à Lusa a fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda.

Alguns dos ocupantes da carrinha não teriam o cinto de segurança colocado, segundo o jornal La Gaceta de Salamanca, que descreve a colisão como "brutal" e diz que a causa do acidente poderá ter sido sonolência ao volante por parte do condutor da carrinha portuguesa, que se terá deixado dormir.

No camião de matrícula romena viajavam duas pessoas, que saíram ilesas do acidente.

As circunstâncias do acidente a ser investigadas pela Guardia Civil espanhola.