As equipas em serviço nas urgências do Hospital de Faro foram reforçadas para fazer face à procura e eventual acréscimo de afluência de utentes àquela unidade, anunciou a Administração Regional de Saúde do Algarve.

Em comunicado, esta entidade afirma que agiu de imediato na sequência de uma notícia veiculada na comunicação social, na sexta-feira, dando conta de um alegado “caos nas urgências do Hospital de Faro”.

A Administração Regional de Saúde diz ainda que o Centro Hospitalar do Algarve - que integra as unidades hospitalares de Faro, de Portimão, de Lagos e os Serviços de Urgência Básicos de Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António - está a monitorizar a afluência, para assegurar que todas as unidades de saúde estejam preparadas para, em caso de necessidade, “responder de forma articulada” a um aumento de procura nos próximos dias.