A GNR anunciou esta quinta-fiera ter detido duas pessoas e identificado outras três pela prática do crime de incêndio florestal em Lamego, Sernancelhe, Viseu e Resende.

Em comunicado, a GNR refere que, entre terça-feira e hoje, os Núcleos de Proteção Ambiental de Viseu, Moimenta da Beira e Lamego detiveram dois homens em flagrante delito e identificaram outros três que, "durante a realização de queimas de sobrantes, não conseguiram controlar as chamas".

Segundo a GNR, em consequência dos incêndios, ardeu uma área total de cerca de 12 mil metros quadrados de pinheiro bravo, eucalipto carvalho e mato.

Os detidos, dois homens com 42 e 51 anos, estavam hoje à tarde a ser ouvidos no Tribunal Judicial de Lamego.