Uma mulher, de 35 anos, está desaparecida depois de ter caído de uma embarcação que naufragou, na madrugada deste sábado, no Porto, confirmou a TVI junto da Proteção Civil e da Capitania do Porto de Leixões.

Um homem, de 45 anos, foi resgatado das rochas com vida. Foi assistido no hospital de Santo António e está a ser ouvido pela Polícia Marítima. 

Segundo apurou a TVI, terá perdido o controlo do barco (com quatro/cinco metros de comprimento), devido à ondulação. Foi recolhido pela Autoridade Marítima "em estado de choque" e apresentava sinais de embriaguez.

O alerta foi recebido pouco depois da meia-noite para um encalhe de barco na zona do Castelo do Queijo. 

As buscas decorreram de imediato e ainda não sofreram qualquer interrupção.

O capitão do Porto do Douro e Leixões disse à TVI que o casal, "sem nenhuma especificação que a de recreio", decidiu sair de barco pelas 23 horas. "Não era aconselhável sair nessas condições", considerou o comandante Rodrigues Campos, referindo-se às condições do mar àquela hora.

Estamos agora tentar recolher dados mais objetivos. Para já, percebemos que terá sido um golpe de mar, uma onda mais forte, que terá abanado demais a embarcação e a mulher terá caído a água. O homem não conseguiu recuperá-la e a embarcação acabou por ser arrastada para uma zona rochosa da praia do Castelo do Queijo”, acrescentou.

No local está a capitania do Mar Douro e os Sapadores do Porto. A caminho do local está também uma corveta da Marinha e um helicóptero da Força Aérea.