Uma pessoa que estava internada no Hospital da Prelada, Porto, na sequência dos incêndios do dia 15 nas regiões Centro e Norte, morreu esta terça-feira, anunciou a unidade hospitalar, subindo assim para 45 o número de vítimas mortais daqueles fogos.

“É com pesar que informamos que o doente internado na Unidade de Queimados do Hospital da Prelada (Porto), transferido de Viseu na madrugada de 16 de outubro na sequência dos incêndios que deflagraram na região, não resistiu à gravidade das queimaduras."

Na mesma nota, o hospital diz que uma “segunda vítima, transferida no mesmo dia, apresenta um quadro de instabilidade, mantendo-se o prognóstico reservado”.

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram ainda cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.