Há cada vez mais pais a deixar de pagar a pensão de alimentos dos filhos e a crise económica é o principal motivo.
 
De acordo com o Jornal de Notícias, a “violação da obrigação de alimentos” deu origem à abertura de mais de 380 inquéritos para investigação, no primeiro semestre deste ano. São mais 13 processos do que no mesmo período do ano passado.
 
O desemprego, a redução de rendimentos e a emigração são as principais causas de incumprimento e de processos judiciais.
 
Lisboa e Braga são as comarcas que registam mais processos, seguindo-se o Porto, Faro e Aveiro.