A Europol divulgou, nesta sexta-feira, um conjunto de 21 postais como parte de uma estratégia para apanhar os criminosos mais procurados da Europa.

A campanha tem como objetivo levar as pessoas a visitar o site da autoridade europeia de polícia, na esperança que reconheçam os criminosos e contribuam para a sua detenção.

No comunicado de apresentação da iniciativa, a Europol recorda que desde que começou a divulgar publicamente a identidade dos fugitivos, em 2016, foram detidas 36 pessoas, 11 das quais com a ajuda dos cidadãos.

Ao enviar estes postais e partilhando informação, pode ajudar-nos a completar a última peça do puzzle e, em última instância, chegar a estes fugitivos. Quantos mais postais forem vistos, maiores as hipóteses de a polícia localizar e deter estes criminosos", explica a Europol.

Segundo o porta-voz da Europol, Tine Hollevoet, numa campanha similar, do “calendário do advento”, três pessoas foram detidas por terem sido reconhecidas por um anónimo num bar em Amesterdão.

Os holandeses viram o calendário do advento, foram ao site e reconheceram-no. Dois dias depois foi preso. E é exatamente isso que queremos com esta campanha.”