Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira a detenção de três homens suspeitos de atos de violência ocorridos em janeiro num espaço de diversão noturna em Paredes e posse de armas proibidas.

Segundo a PJ, os atos de violência ocorreram na localidade de Cete.

«Na sequência de conflito passado relacionado com atividades ilícitas, dois dos detidos travaram-se de razões com um grupo de jovens que se encontrava no mesmo espaço de diversão», informou a polícia em comunicado.

A PJ acrescentou que, no incidente, terão sido efetuados vários disparos que provocaram danos no estabelecimento de diversão e ferimentos ligeiros numa cliente.

Diligências policiais efetuadas na segunda-feira permitiram apreender duas armas de fogo proibidas, havendo suspeitas de que uma delas tenha sido utilizada nos disparos.

Além dos dois suspeitos, foi também detido um familiar por ter assumido a posse das armas proibidas, tendo já sido apresentado às autoridades judiciais.

Os outros detidos, de 32 anos de idade, eletricistas, um dos quais com antecedentes policiais, vão entretanto ser presentes a primeiro interrogatório.