A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte e com a colaboração da GNR, identificou e deteve um homem de 35 anos, agricultor e com antecedentes criminais por violência doméstica, pela presumível autoria de um crime de incêndio na zona de Resende.

O suspeito foi detido durante a madrugada de domingo, fora de flagrante delito, após a recolha de indícios da prática de um incêndio florestal doloso numa área de carvalhos, mato e árvores de fruto, colocando ainda em perigo habitações ali existentes.

O detido será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 18 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.