A alemã desaparecida na Serra da Estrela "foi encontrada já cadáver", cerca das 10:00, no parque de campismo de Vale do Rossim, "junto às casas de banho", revelou fonte do CDOS da Guarda. 

José António Oliveira, segundo comandante operacional do CDOS da Guarda, disse à Lusa que o corpo da mulher foi retirado do local e encaminhado para o centro de Saúde de Manteigas, para posteriormente ser autopsiado.

O responsável não adiantou mais pormenores sobre o assunto, alegando que as autoridades policiais "estão a investigar as causas da morte" da cidadã estrangeira.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda adiantou, pelas 12:30, que permaneciam no local, em trabalhos de investigação, elementos da GNR e da Polícia Judiciária.

O alerta relativo ao desaparecimento da mulher, na zona de Vale do Rossim, no concelho de Gouveia, distrito da Guarda, foi dado na quarta-feira pelas 13:15 pelos vigilantes do parque de campismo local.

De acordo com José António Oliveira, segundo comandante operacional do Comando Distrital de Operações e Socorro da Guarda, a mulher é de nacionalidade alemã, terá 74 anos e foi vista pela última vez na segunda-feira, cerca das 14:00.

Ao longo de toda a tarde de quarta-feira, as buscas decorreram a cerca de 1.600 metros de altitude, em zona de mato e floresta e com uma orografia bastante difícil, o que dificulta os trabalhos e impossibilita a sua continuidade durante a noite.

As equipas desmobilizaram ao final do dia, com as buscas a ser formalmente ser suspensas às 20:00, dado que não havia condições de visibilidade para se continuar no terreno. As buscas tinham sido retomadas, esta quinta-feira, às 8:00 com 19 viaturas e 45 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Gouveia e de São Romão (Seia), da Brigada de Montanha da GNR, da Força Especial de Bombeiros e dos Sapadores Florestais de Gouveia.