Os sete doentes internados no Hospital Drº Nélio Mendonça, no Funchal, na sequência da queda de uma árvore na Festa de Nossa Senhora do Monte, "mantêm-se estáveis", disse hoje o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM).

"O Conselho de Administração do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM) vem informar que os sete doentes mantêm-se internados e estáveis, sem alterações face à informação divulgada ontem [quarta-feira], 16 de agosto", refere a nota.

O SESARAM informa também que "o plano de conclusão das autópsias está a ser concretizado", estimando que esta fase esteja terminada ainda hoje.

"Reforçamos que continua disponível o apoio e acompanhamento a todos os envolvidos e familiares das vítimas deste acontecimento", devendo para tal se dirigirem ao seu Centro de Saúde para referenciação e acompanhamento.

O Serviço agradece ainda "muito reconhecidamente a todos os profissionais do SESARAM, sem exceção, pela disponibilidade, pelo exímio profissionalismo e humanismo demonstrados no atendimento, apoio e encaminhamento a todos os utentes vítimas do trágico acontecimento".

Entre os sete internados, cinco são adultos, um dos quais de nacionalidade francesa, e dois crianças.

A queda de uma árvore, um carvalho, sobranceiro aos jardins do Largo da Fonte, na freguesia do Monte, atingiu dezenas de pessoas que se concentravam naquele lugar para as festividades da Festa do Monte, em honra da padroeira da ilha, momentos antes da procissão, no âmbito do calendário religioso do Dia da Assunção de Nossa Senhora.

A festa foi depois cancelada pelos organizadores.