Uma ameaça de bomba levou os bombeiros e a GNR, esta sexta-feira de manhã, às escolas, em Coruche, confirmou a TVI24. De acordo com informações da GNR, a escola foi evacuada e os bombeiros estão no local a título preventivo, já que pelo menos uma criança sentiu-se mal.

O comandante do destacamento da GNR de Coruche disse à Lusa que, cerca das 10:00, a escola recebeu uma chamada telefónica anónima dizendo que um engenho iria explodir dentro de 15 minutos, tendo sido de imediato acionado o plano de emergência.

A ameaça foi feita para a EB 2,3 Armando Lizardo, tendo sido decidido evacuar também, por precaução, o centro escolar que se situa nas proximidades, adiantou.

Segundo o capitão Nobre, no local estão militares da GNR, os bombeiros e equipas de inativação de explosivos para peritagem do local.

Tirando a perturbação gerada pelo incidente, não há registo de qualquer dano.