"O Governo aprovou já um projeto de proposta de lei que será muito em breve discutido na Assembleia da República", afirmou Anabela Rodrigues.


"Mais do que uma decisão com caráter operacional, o que aqui está implícito é, em nosso entender, uma medida de inteira justiça", sublinhou, explicando que esta lei vem contribuir para uma melhor "programação dos investimentos e para a melhoria contínua da capacidade operacional" das corporações.












"Relativamente aos estatutos quer da PSP, quer da GNR o processo está em marcha. Está mais adiantado relativamente à PSP. Encontramo-nos na fase negocial. Relativamente à GNR, vai-se dar início muito em breve a essa fase negocial", disse.