A GNR anunciou esta terça-feira a detenção de 22 pessoas suspeitas de pertencer a uma rede de tráfico de droga, tendo apreendido "elevadas" quantias em dinheiro e mais de três mil doses de haxixe.

Em declarações à agência Lusa, fonte da GNR disse que as detenções ocorreram durante buscas domiciliárias e não domiciliárias realizadas na segunda-feira e hoje, no âmbito de uma investigação que "durava há alguns meses".

Segundo a GNR, foram detidos 22 pessoas suspeitas da prática dos crimes de tráfico de estupefacientes, detenção de arma proibida e associação criminosa.

Durante a operação, foram apreendidas 3.292 doses individuais de haxixe, 554 doses individuais de cocaína, bem como "quantidades apreciáveis" de pólen de haxixe, de canábis, de MDMA e de speed.

A GNR apreendeu ainda "elevadas" quantias em dinheiro, telemóveis, diversas viaturas automóveis e uma arma de fogo.

Em comunicado, a GNR refere que os suspeitos serão oportunamente presentes a primeiro interrogatório, na Instância Central de Instrução Criminal de Aveiro, para aplicação das medidas de coação.

A operação, que foi coordenada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Aveiro, contou com a participação de 202 militares da GNR do Comando Territorial de Aveiro e do Grupo de Intervenção de Operações Especiais da Unidade de Intervenção.