Cerca de 21 toneladas de velas foram queimadas no tocheiro do Santuário de Fátima durante os dois dias de peregrinação, sendo que nove toneladas dizem respeito à manhã deste domingo, anunciou a instituição, citada pela agência Lusa.

A entrega de velas para derreter no tocheiro do Santuário é uma das formas mais tradicionais de cumprimento de promessas neste templo mariano.

Segundo o Santuário de Fátima, marcaram hoje presença no recinto cerca de 220 mil pessoas, mais 60 mil do que aquelas registadas nas celebrações de sábado.

No final da eucaristia, antes da procissão do adeus, o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, enalteceu a presença dos fiéis, regozijando-se com o facto de a ausência da imagem original de Nossa Senhora de Fátima venerada na Capelinha das aparições ¿não ter desmobilizado¿ os peregrinos.

A imagem foi levada até Roma, a pedido do papa Francisco, assumindo-se como o ícone das Jornadas Marianas, uma das últimas atividades inseridas no calendário oficial da Santa Sé para a celebração do Ano da Fé.