Representantes de associações do setor dos Explosivos e da Pirotecnia reuniram-se esta sexta-feira com a Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) para fazer uma análise da situação no setor e discutir o cumprimento de medidas de segurança naquela atividade.

Segundo a Direção Nacional da PSP, que teve a iniciativa, a reunião permitiu recolher os contributos de todas as associações do setor e apresentar os planos da PSP, enquanto autoridade para a fiscalização do mercado de artigos de pirotecnia.

A reunião foi marcada depois de uma explosão que resultou na morte de uma pessoa e ferimentos em cerca de três dezenas de outras, na semana passada, no concelho de Penacova.

De acordo com a PSP, a reunião serviu também para abordar outros temas relevantes para o setor, incluindo o incremento das ações de fiscalização com incidência sobre os prevaricadores, análise da legislação e normas técnicas publicadas nos três últimos anos e projetos tecnológicos já em execução da responsabilidade da PSP, que estão a ser operacionalizados pelo Departamento de Armas e Explosivos da PSP.

No final da reunião, os representantes das diferentes instituições reiteram a sua intenção de contribuir para o desenvolvimento do setor, de modo a que o mesmo possa funcionar de forma segura, apelando a todos os intervenientes para o cumprimento rigoroso de todas as normas de segurança.