A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar, na quarta-feira, a fiscalização de velocidade no interior das localidades, assim como em estradas nacionais, regionais e municipais.

Na Operação Mercúrico, que vai envolver 286 militares, a GNR fiscalizará a circulação, em particular na proximidade de passadeiras para peões, em que as infrações por excesso de velocidade são mais frequentes e dão origem a um risco acrescido de acidentes de viação.

Os militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito estarão equipados com todos os meios de controlo de velocidade operacionais (fixos e móveis).

No ano de 2013 foram controlados 9.213.524 condutores, dos quais 169.425 circulavam em excesso de velocidade.

Perante estes números, refere a GNR em comunicado, «o combate à sinistralidade rodoviária continua a ser uma prioridade estratégica» da corporação, «estando planeadas, para o presente ano, diversas operações nacionais, com empenho intensivo e simultâneo de meios, de modo a maximizar a capacidade de intervenção».