Henrique Leitão «combina a sólida formação científica com um conhecimento humanista, que o torna num verdadeiro cultor da interdisciplinaridade», salientou o presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no anúncio do prémio.





«É um prémio que premeia um trabalho muito importante que se tem feito sobre a história da ciência em Portugal ao nível académico mais elevado. Estou muito contente que tenha tido esse reconhecimento», disse Henrique Leitão à agência Lusa.






O júri do Prémio Pessoa 2014, p

«É um prémio concedido anualmente à pessoa de nacionalidade portuguesa que durante esse período tiver sido protagonista de uma intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica do país», lê-se no site da organização.














Em 2013