A tripulação da corveta João Roby detetou quarta-feira ao largo da costa vicentina o cadáver de um homem à deriva, a cerca de 16 quilómetros de terra.

Em comunicado, a Marinha Portuguesa adiantou que os elementos a bordo do navio detetaram, pelas 11:40, "um objeto estranho à deriva na água, que se veio a confirmar ser um cadáver".

Com o auxílio da equipa de mergulhadores do navio e utilizando as embarcações de salvamento, o navio tomou todas as diligências para a preservação e recolha do corpo para bordo", lê-se no comunicado.

Após a recolha do cadáver, a tripulação da corveta seguiu para a enseada de Sagres, para entregar o corpo às autoridades competentes, em articulação com o capitão do porto de Lagos.