Os navios de patrulha oceânicos Figueira da Foz e Cacine estão ao largo de Viana do Castelo a resgatar dois contentores vazios que se encontram à deriva há cerca de uma semana, disse fonte da Marinha.

De acordo com os dados fornecidos à agência Lusa pelo capitão do Porto e Comandante da Polícia Marítima (PM) de Caminha, Gonzalez dos Paços, os dois navios chegaram hoje ao local, a oeste do farol de Montedor, em Carreço, Viana do Castelo, encontrando-se a cerca de 35 quilómetros da costa.

"Os trabalhos de remoção daqueles perigos à navegação vão continuar durante a noite, encontrando-se o NRP Figueira da Foz a fazer o reboque do contentor que se encontra a oeste de Viana do Castelo, e o NRP Cacine a monitorizar o contentor localizado a oeste do farol de Montedor, por forma a garantir a segurança da navegação", explicou Gonzalez dos Paços.

"O reboque dos contentores pelo NRP Figueira da Foz vai acontecer entre as 21:00 e as 23:00 de hoje. No local vai permanecer o NRP Cacine para não perder os contentores de vista e evitar acidentes".


Aquele responsável explicou que, desde a quarta-feira "está em curso uma operação conjunta entre as capitanias dos portos da Póvoa de Varzim, Viana do Castelo, Caminha e o Centro de Operações Marítimas (COMAR) /Maritime Rescue Co-ordination Center (MRCC) de Lisboa, com o objetivo de localizar, seguir e divulgar através dos avisos à navegação a posição de dois contentores que se encontram à deriva na área de jurisdição da Capitania do Porto de Viana do Castelo".

Segundo o capitão do Porto e comandante da Polícia Marítima (PM) de Caminha aquela operação envolveu "duas embarcações, uma do Comando da Polícia Marítima de Viana do Castelo, e outra do Comando da Polícia Marítima de Caminha, uma aeronave de patrulha marítima da Força Aérea Portuguesa que efetuou buscas numa área compreendida entre a Póvoa de Varzim e Caminha, até aos 35 quilómetros da costa".

"Das buscas resultaram na identificação e localização de dois contentores, um de cor vermelho a dois quilómetros a oeste do farol de Montedor, e outro de cor branco a 27 quilómetros a oeste-sudoeste de Viana do Castelo", explicou aquele responsável.

Contactada pela Lusa, fonte do MRCC de Lisboa, explicou que os dois contentores, "vazios", caíram ao mar, no passado dia 05, às 19:00, de um navio mercante que fazia a viagem entre a Galiza e Lisboa.

"Na altura caíram diversos contentores devido às condições do mar e do tempo. Uns afundaram-se e estes dois ficaram à deriva tendo-se deslocado até a zona de Viana do Castelo"