Um dos suspeitos de ter assaltado, esta terça-feira, o funcionário de um banco na aldeia de Mosteiro, Aguiar da Beira, está "retido" pela GNR para ser interrogado pela Polícia Judiciária, disse à agência Lusa fonte policial.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, "há um suspeito do assalto que está retido no posto de Gouveia a aguardar a chegada da Polícia Judiciária, para posterior investigação, porque [o crime] é da sua competência".

A fonte adiantou que o homem, com cerca de 30 anos, está nas instalações da GNR de Gouveia, no distrito da Guarda, "desde as 16:30".

O assalto na aldeia de Mosteiro, Aguiar da Beira, ocorreu hoje por volta das 15:00, quando o funcionário de uma instituição bancária "iria repor o dinheiro numa caixa ATM".

O homem foi surpreendido "por dois indivíduos encapuzados" que estavam armados com uma caçadeira, contou a fonte.

Os suspeitos levaram o dinheiro que estava na posse do funcionário, numa quantia que não foi especificada, e colocaram-se em fuga numa viatura.