Dois incêndios em mato em Santarém, esta tarde, levaram ao corte da A15 nos dois sentidos e provocaram ferimentos em três bombeiros.

Os três bombeiros sofreram ferimentos ligeiros – um queimaduras e os outros dois entorses – e já foram encaminhados para o Hospital de Santarém, indicou o comandante José Carlos Pereira, do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

O primeiro incêndio lavrou em Casais Porto de Oliveira e teve no combate 177 operacionais, 49 veículos e cinco meios aéreos. O segundo incêndio foi em Malaqueijo e teve 93 operacionais, 23 viaturas e um meio aéreo no combate.

A A15, que tinha sido encerrada ao trânsito devido ao fumo intenso e ao facto das chamas terem atingido a estrada, já foi reaberta, mas a circulação continua condicionada dado que uma das vias está ocupada pelos meios de combate que continuam no terreno.

O incêndio, que deflagrou às 16:49 na zona de Malaqueijo, concelho de Rio Maior, foi dado como concluído às 18:05, mantendo-se ainda no terreno 93 homens e 26 veículos.

O outro fogo lavrava desde as 16:02 na zona de Casais Porto Oliveira, freguesia de Abitureiras, concelho de Santarém, e foi dominado às 19:35, permanecendo no local 188 homens, com 55 veículos e dois meios aéreos.