mortalmente foram colhidos em Cernache” cinco pessoas

O sacerdote fez votos para que os feridos do acidente tenham uma “rápida recuperação” e pediu orações “pelos familiares que vivem o momento de dor e se interrogam sobre o porquê do acontecido, para que Nossa Senhora a todos console”.








“Não caímos em julgamentos ou lamentos infecundos. As lágrimas que brotam envolvem-se na esperança e no perdão para que elas possam um dia vir a secar”, exortou o sacerdote.


“A vossa caminhada de peregrinos a pé é, de verdade, uma doação, uma entrega de vida, um derramamento de sangue por amor. Pensemos nesses cinco que caminhavam até este santuário. É o ser mártir, onde tantas vezes se é incompreendido, ridicularizado e até explorado”, sublinhou.