Por outro lado, diz a associação, houve Organizações não-governamentais a relatarem “inúmeros casos de discurso de ódio e de violência”.