A Polícia Judiciária deteve quatro homens, com idades entre os 19 e os 38 anos, suspeitos de crimes de roubo, burla e falsificação de documentos na zona da Grande Lisboa.

Em comunicado, a PJ informa que “o procedimento seguido pelo grupo criminoso iniciava-se com a realização de contactos com pessoas que tinham viaturas à venda em anúncios publicados na Internet”.

Os suspeitos “mostravam-se interessados na aquisição” das viaturas e “combinavam encontros com as vítimas para, supostamente, avaliarem do seu estado”.

Nos encontros com as vítimas, “acabavam por se apropriar das viaturas sem efetuarem qualquer pagamento, mediante ameaça de arma de fogo, vindo a circular, posteriormente, com as mesmas, depois de alterarem alguns dos seus elementos identificativos”, cita a Lusa. 

Os detidos, que estão indiciados “pela prática de crimes de roubo com utilização de arma de fogo, burla relativa a seguros e falsificação de documentos”, vão ser, entretanto, presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.