Um jovem suspeito de matar um amigo com uma faca, na Amadora, na sequência de uma discussão por causa de pão, ficou em prisão preventiva, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

O arguido, de 27 anos, terá cometido o crime na noite de quinta-feira, na Praceta da Árvore. O homem foi presente a primeiro interrogatório judicial na sexta-feira, tendo o Tribunal de Sintra decretado a aplicação da medida de coação mais gravosa.

«O esfaqueamento [no pescoço] ocorreu na presença de terceiros, visto o arguido ter procurado a vítima em casa dos amigos, para dele então se vingar, na sequência de um fútil confronto físico, havido antes, a propósito de compra de pão», explica a PGDL, numa nota publicada na sua página da internet que a Lusa cita.

O suspeito, após ter cometido o alegado homicídio, colocou-se em fuga, mas acabaria detido pela polícia pouco tempo depois do crime, disse na quinta-feira fonte policial à agência Lusa.