O Ministério Público (MP) determinou a constituição como arguidos, no âmbito do inquérito relacionado com viagens ao Euro2016, dos três secretários de Estado exonerados (Internacionalização, Assuntos Fiscais e Indústria), estando em curso diligências para a concretização desse despacho.

Em comunicado, o MP refere que "no âmbito do inquérito relacionado com viagens ao Euro2016 (...) determinou a constituição como arguidos de três secretários de Estado agora exonerados (Internacionalização, Assuntos Fiscais e Indústria), estando em curso diligências para a concretização desse despacho".

Acrescentado que "no processo investiga-se o pagamento pela Galp Energia S.A. de viagens, refeições e bilhetes para diversos jogos da seleção nacional no Campeonato Europeu de Futebol de 2016".

Em causa estão factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes de recebimento indevido de vantagem, previstos na Lei dos Crimes de Responsabilidade de Titulares de Cargos Políticos”, conclui o MP.

Referido ainda que, no inquérito foram, até ao momento, constituídos três arguidos - um chefe de gabinete, um ex-chefe de gabinete e um assessor governamental. A que acrescem agora os secretários de Estado, perfazendo um total de 6.

A Galp veio, entretanto, reafirmar a legalidade de uma prática que designa como "tradicional" e diz que se o Ministério Público entender que a empresa deve ser constituída arguida, "continuarão a ser prestados todos os esclarecimentos”.

Os três secretários de Estado apresentaram este domingo a demissão, justificando a decisão com a intenção de não prejudicar o Governo. Os responsáveis anteciparam-se à situação que agora se revela, de terem de responder perante a justiça.

O Expresso tinha noticiado que o assessor para as questões económicas do primeiro-ministro, Vítor Escária já foi ouvido pelo MP e foi constituído arguido. Vítor Escária foi convidado pela Galp para assistir ao jogo Portugal-Áustria, que se realizou no dia 18 de junho em Paris. Na altura, o economista explicou que a viagem tinha sido feita a título pessoal já que o convite partiu de um amigo seu que trabalhava, à altura, na Galp.