Uma família portugesa foi encontrada morta em Inglaterra, apurou a TVI junto de fonte da secretaria de Estado das Comunidades. As autoridades encontraram o corpo da mulher dentro de casa, em Twickenham, um subúrbio a 18 quilómetros da capital inglesa. Já o homem e os dois filhos foram encontrados mortos junto a uma praia, a mais de 100 quilómetros.

Segundo a imprensa inglesa, a mulher foi encontrada morta com ferimentos com arma branca na passada segunda-feira, dentro de casa, depois das autoridades terem sido alertadas por uma denúncia anónima. 

Um pouco antes, a polícia tinha encontrado os corpos do marido e dos dois filhos, com sete e dez anos,  junto a uma praia, em Birling Gap, a 140 quilómetro da casa da família, mas as circunstâncias das três mortes ainda estão a ser determinadas.

As descobertas dos cadáveres levaram à instauração de um inquérito criminal, mas a polícia já adiantou que não estão à procura de mais suspeitos. Em causa, deverão estar três casos de homicídio e um suicídio.

A polícia não divulgou a indentidade das vítimas, mas o The Times, adianta que se trata de Adelino Figueira de Farida, de 57 anos, e a mulher Laura, de 47 anos. A TVI  confirmou que a família é portuguesa e as autoridades nacionais estão já a acompanhar o caso.

Fonte da secretaria de Estado das Comunidades adiantou ainda que neste momento não fará comentários, uma vez que se trata de uma investigação judicial.

Um dos vizinhos disse ao The Times que a família vivia no local há cerca de um ano.