Um incêndio destruiu nesta segunda-feira uma habitação em Chaves, provocando seis desalojados e com três bombeiros a sofreram inalação de fumo durante o combate, disse fonte dos bombeiros voluntários.

O segundo comandante dos bombeiros Flavienses, Artur Nogueira, disse à agência Lusa que quando os operacionais chegaram ao local, na freguesia de Vilar de Nantes, concelho de Chaves, a casa “já estava tomada pelas chamas”. 

“A nossa prioridade foi impedir que as chamas se propagassem para as casas vizinhas, o que conseguimos”, salientou o responsável.

Artur Nogueira referiu que a casa tinha o teto e o soalho de madeira, bem como alimentação para animais (palhas e fenos) no rés-do-chão. Durante o combate ao fogo, três bombeiros sofreram inalação de fumo e dois deles foram transportados ao hospital, mas apenas “por precaução”. O responsável pela proteção civil municipal, Sílvio Sevivas, acrescentou à Lusa que nesta casa vivia uma família de três pessoas, um casal de 53 e 49 anos e um filho de 27 anos.

Nesta altura estavam, no entanto, mais três familiares na habitação. Todos eles, segundo o responsável, vão ser realojados numa residência, onde vão ficar já esta noite, estando-se a estudar uma solução mais permanente em conjunto com os serviços sociais do município.

As causas do fogo vão ser investigadas pelas autoridades policiais. O alerta para o incêndio foi dado por volta das 13:00 e cerca de uma hora e meia depois estava em fase de rescaldo.

Para o local foram acionados meios dos bombeiros Flavienses, ainda das corporações de Salvação Pública e de Vidago, bem como a PSP de Chaves, num total de 30 operacionais e nove viaturas.