O corpo do homem foi encontrado hoje, às 15:30, no rio Minho, próximo da ponte internacional de Valença, informou à Lusa o capitão do porto de Caminha, que disse presumir que se trate de um homem desaparecido em fevereiro.

"Há indícios muito fortes de que se trata do homem desaparecido no rio Minho, no dia 11 de fevereiro, em Monção", afirmou o capitão do porto e comandante da Polícia Marítima (PM) de Caminha, Pedro Miguel Costa.

O responsável adiantou que "o cadáver foi avistado por uma embarcação da PM" e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Viana do Castelo.

O homem de 56 anos, residente em Monção, terá caído ao rio quanto se encontrava numa pesqueira, estrutura usada na pesca à lampreia, na freguesia de Messegães.

As buscas que se realizaram nos dias seguintes foram infrutíferas. Se se confirmar que é daquele homem, o corpo apareceu quase um mês depois.