As autoridades policiais estão a investigar o aparecimento do corpo de uma mulher de 48 anos, em Castelo de Paiva, encontrado na quinta-feira à tarde, parcialmente carbonizado, num tanque sem água.

Segundo fonte dos bombeiros, em declarações à Lusa, o alerta foi recebido cerca das 17:40.

Quando os meios da corporação chegaram ao local, na localidade de Raiva, constataram que parte do corpo da vítima estava carbonizado e o restante apresentava queimaduras de terceiro grau, indicou a fonte, sublinhando a estranheza do caso.

No local da ocorrência estiveram elementos do Núcleo de Investigação Criminal da GNR e da Polícia Judiciária.

Segundo os bombeiros, a mulher estava desaparecida há algumas horas.

O corpo seguiu para o Instituto de Medicina Legal, de Penafiel.