Parte do cruzamento entre as ruas de Fernandes Tomás e de Sá da Bandeira, no Porto, aluiu esta sexta-feira de manhã, e obrigou a Polícia Municipal a cortar o trânsito para analisar o pavimento, disse fonte daquela força policial.

Segundo a mesma fonte, não há ainda previsão para a conclusão dos trabalhos que envolvem a análise de um “buraco pequeno” que “nem um metro tem”, mas que forçou esta força policial a condicionar o trânsito no cruzamento junto ao Mercado do Bolhão.

Esse mesmo troço da Rua Fernandes Tomás teve o trânsito condicionado durante vários meses, “devido a obras no subsolo, na rede de águas pluviais, no âmbito da requalificação do Mercado do Bolhão” e previstas para terminarem no dia 31 de julho, segundo informação da Câmara Municipal do Porto.

Fonte da autarquia já informou que o buraco foi provocado pelo rebentamento de uma conduta de saneamento.

À Lusa, a mesma fonte confirmou que está no local uma equipa da empresa Águas do Porto, "para análise da situação".