Uma "viatura suspeita" levou ao corte do trânsito, esta tarde, na Avenida dos Aliados, no Porto, confirmou fonte da PSP à TVI24. Quase quatro horas depois, pelas 19:30, a operação policial foi dada como terminada depois da PSP não ter encontrado "nada de suspeito”, dentro da viatura. 

Dado não existir perigo, o carro, de onde os agentes retiraram roupas e cobertores, foi rebocado pela PSP pelas 19:35.

Pelas 16:00 foi detetado um carro estacionado, um Ford Escort com os vidros traseiros fumados, "num local em que não é habitual" e a polícia acionou os "normais procedimentos", nomeadamente, a "instalação de um perímetro de segurança" e a ativação da "brigada de minas e armadilhas".

A viatura estáva estacionada frente ao Banco de Portugal e ao que a TVI24 conseguiu apurar, o seguro do carro está registado em nome de Amet Cocos Memet, com residência no Porto. No entanto, a morada do seguro é das Caldas da Rainha.

O trânsito foi inicialmente cortado no sentido descendente, mas mais tarde foi cortado nos dois sentidos.

As áreas em redor foram evacuadas e, pelas 17:50, o perímetro de segurança foi novamente alargado.

Uma equipa cinotécnica esteve no local e a brigada de inativação de explosivos fez uma revista à viatura, não tendo encontrado nada de suspeito. 

Ao que a TVI apurou no local, o dono do carro terá ido ter com a polícia

Durante a tarde centenas de pessoas juntaram-se junto às fitas de segurança colocadas pela PSP que estava a impedir a passagem no local, bem como o acesso às lojas comerciais, restaurantes e paragens de autocarro naquele espaço.