Duas pessoas morreram esta manhã na sequência da queda de uma aeronave na pista de Alqueidão, na Azambuja, adiantou à TVI fonte do CDOS de Lisboa. 

A mesma fonte adiantou que à chegada ao local os bombeiros encontraram as vítimas já carbonizadas. 



Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários locais, Armando Batista, em declarações à Lusa, o acidente ocorreu cerca das 11:00, quando a aeronave, de dois lugares, perdeu altitude ao descolar do aeródromo de Alqueidão, no concelho de Azambuja, caiu e explodiu, causando a morte aos dois tripulantes.

Segundo o comandante, as duas vítimas mortais - o piloto e o ocupante - «são dois pilotos experientes» da aviação comercial, que iriam fazer um voo particular.

O piloto, de acordo com Armando Batista, tinha 52 anos, desconhecendo-se, ainda, a idade da segunda vítima.