Os alunos de Montalegre regressam esta quarta-feira às aulas depois de os estabelecimentos escolares da vila terem fechado na terça-feira à tarde devido à queda de neve, disse fonte do município.

Na terça-feira, a neve caiu com alguma intensidade em Montalegre o que levou ao encerramento dos estabelecimentos escolares a partir da hora do almoço e ao regresso mais cedo a casa dos cerca de 600 alunos deste concelho do distrito de Vila Real.

David Teixeira, vice-presidente e responsável local pela Proteção Civil, disse à agência Lusa que a situação normalizou hoje de manhã devido à chuva, pelo que os transportes escolares se vão efetuar.

A localidade de Pitões das Júnias, a mais alta do município, foi a primeira a ser afetada pela neve na terça-feira e continua hoje com alguns constrangimentos.

No entanto, segundo o responsável, os meios da proteção civil estão na zona a proceder à limpeza das vias.

O concelho dispõe de vários de veículos, dos bombeiros e câmara preparados para limpar a neve das estradas e também, se necessário, espalhar sal.

O município contratualiza ainda com particulares a utilização de tratores, também com equipamento adaptado, que vão para as estradas ajudar nas operações de limpeza.

O nevão de terça-feira foi o primeiro deste inverno em Montalegre.

Apesar dos constrangimentos, o manto branco tornou-se também numa atração turística que atrai vários visitantes ao concelho.

Também a proteção civil municipal de Melgaço garantiu que as condições atmosféricas em Castro Laboreiro "voltaram à normalidade", com a rede viária "limpa de neve", o que permitiu o regresso dos alunos da aldeia à escola.

"Durante a noite não houve agravamento das condições climatéricas o que permitiu, hoje de manhã, o regresso à normalidade. Todas as estradas encontram-se circuláveis, e os autocarros escolares puderam levar as crianças à escola", afirmou à agência Lusa, o responsável pela proteção civil municipal, Luís Matos.

De acordo com Luís Matos, na terça-feira "os veículos de transporte coletivo estiveram impedidos de circular" devido à neve que caiu "com bastante intensidade", impossibilitando o transporte das crianças para a escola do primeiro ciclo de ensino básico, situada a cerca de 15 quilómetros da aldeia, e para a Escola Básica 2 e 3/S, na sede do concelho, a 25 quilómetros de distância.

A aldeia de Castro Laboreiro, a mais alta daquele município do distrito de Viana do Castelo, situada a mais mil metros de altitude foi a primeira a ser afetada, durante a madrugada de terça-feira, pelo primeiro nevão deste inverno.

Em Arcos de Valdevez, segundo o vereador com a área da proteção civil municipal afirmou hoje que a situação "está normalizada", depois da neve que caiu, na terça-feira no Mezio, e na zona mais alta da serra da Gavieira, inserida no Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG).

"As estradas estão hoje todas circuláveis", disse Olegário Gonçalves.