A circulação de comboios esteve interrompida desde as 12:00 até às 14:35 na linha Azul do Metropolitano de Lisboa devido a uma fuga de gás exterior ao metro, disse à Lusa fonte da empresa.

De acordo com a mesma fonte, foram realizadas medições dentro da estação de metro do Alto dos Moinhos e “não foi detetado nenhum nível anormal de gás”.

Além do Metropolitano de Lisboa, o viaduto da avenida Lusíada, localizado por cima da estação de metro do Alto dos Moinhos, também foi fechado à circulação rodoviária às 11:40, devido à fuga de gás, tendo voltado a estar operacional às 14:35.

O gás da conduta em causa, na rua João de Freitas Branco, foi prontamente cortado, adiantou fonte dos bombeiros.

Segundo o Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, foram mobilizados para o local dez operacionais, apoiados por três viaturas.