Um catamarã, que fazia a travessia entre Lisboa e o Montijo, encalhou no rio Tejo por volta das 17:30 desta terça-feira, a cerca de 50 metros do cais daquela localidade, confirmou à TVI24 o centro de operações de socorro e a capitania de Lisboa. Estavam 91 pessoas a bordo. 

Terá sido uma anomalia técnica nos motores a provocar a situação. 

Cerca das 21:00, decorreu "uma primeira tentativa de reboque da embarcação que está encalhada", junto ao cais de acostagem do Montijo, disse à Lusa o comandante da capitania do Porto de Lisboa Malaquias Domingues.

Dez minutos depois, "o catamarã foi rebocado por outro navio até ao cais e as pessoas começaram a desembarcar", indicou a porta-voz dos Transportes de Lisboa. "Os passageiros estão calmos e correu tudo bem".

O comandante da Capitania do Porto de Lisboa, Malaquias Domingues, declarou depois que a situação "está resolvida".

"As pessoas, que aguardaram pacientemente a conclusão da operação, seguiram as suas vidas"


O Ministério do Ambiente, que tutela os transportes urbanos de Lisboa e do Porto, já anunciou que vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias do incidente que durou quase quatro horas.