A Proteção Civil refere em comunicado que, no fim de semana, "os índices de risco de incêndio irão manter-se nas classes de “muito elevado” a “máximo” nas regiões do Algarve e nas regiões do Norte e Centro, com exceção do litoral".

No comunicado enviado à TVI24, a Proteção Civil refere que, com base em previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, "se prevê a continuação do tempo quente e seco e uma intensificação do vento nas próximas 72 horas".

Segundo a Proteção Civil, preveem-se "temperaturas máximas com valores a variar entre os 36-40ºC, nos distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Faro, e entre os 30-35ºC, nos distritos de Bragança, Braga, Vila Real, Viseu, Guarda, Coimbra, Santarém e Lisboa".

O vento deverá soprar moderado (até 25 km/h) de noroeste, sendo temporariamente de sudoeste no sotavento algarvio durante a tarde, mas poderá ser "por vezes forte (até 40 km/h) com rajadas até 60 km/h no litoral a sul do cabo Carvoeiro e nas terras altas do Centro e Sul".

Entre amanhã e segunda-feira, o vento será moderado (até 30 km/h) de quadrante Norte/Noroeste, soprando moderado a forte (até 45 km/h) no litoral oeste e nas terras altas, por vezes com rajadas até 65 km/h, em especial durante a tarde. Durante o período noturno, o vento rodará para nordeste sendo moderado a forte, nas regiões do Norte e Centro, em particular nas terras altas", refere o comunicado.

Já "os valores de Humidade Relativa serão de 20 - 30% nas regiões do interior do Continente, numa faixa que pode estender-se até ao litoral na região Sul, com recuperação noturna na generalidade do território (> 75%), exceto no distrito de Faro (35 - 65%), durante a noite de sexta-feira para sábado", refere o comunicado.