A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar as causas do incêndio que hoje de madrugada deflagrou numa loja de material elétrico num centro comercial em Portimão (Algarve) e que provocou ferimentos ligeiros em 15 pessoas, indicou fonte da polícia.

O incêndio deflagrou perto das 02:00 e obrigou à retirada dos moradores do prédio onde se situa a loja.

O fogo causou 15 feridos por inalação de fumos, um dos quais teve de ser transportado para o hospital de Portimão para receber assistência médica, indicou fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

Segundo a fonte do CDOS, o edifício habitacional de 12 andares por cima do centro comercial teve de ser evacuado devido à intensidade de fumo, tendo o fogo sido rapidamente extinto sem que se tivesse propagado a outros espaços.

Nas operações de socorro estiveram envolvidos 74 operacionais dos bombeiros, da Proteção Civil municipal, da Polícia de Segurança Pública e do Instituto Nacional de Emergência Médica, apoiados por 24 veículos.