Em declarações à agência Lusa, o comandante da Polícia Municipal do Porto, António Leitão da Silva, avançou que o alerta foi dado por volta das 14:40 por pessoas que passavam nas imediações e estranham ver ali o objeto.

“A equipa da polícia municipal foi informada de que estava aqui uma mala suspeita e, a partir daí, foram desencadeados todos os protocolos necessários”, assegurou.

As ruas foram vedadas ao público, por motivos de segurança, e um agente com equipamento de proteção anti-explosivos isolou a mala e abriu-a, verificando que no seu interior não havia qualquer engenho.

O objeto em causa, uma mala de viagem pequena, encontrava-se em frente a um café, situado nas proximidades.

No local estavam mais de uma dezena de agentes a desviar o trânsito das ruas da Picaria e da Conceição, bem como a PSP e os Bombeiros Sapadores do Porto.