Um jovem de 22 anos, sem carta, sem seguro e com álcool no sangue, conduziu este domingo de manhã em contramão, provocando uma colisão que fez um ferido grave num dos acessos à Ponte 25 de Abril. A informação foi confirmada à TVI24 por fonte da Divisão de Trânsito da Polícia de Segurança Pública.

Tudo aconteceu eram 06:20, no acesso vindo do viaduto Duarte Pacheco à Ponte 25 de Abril.

O jovem apercebeu-se que se tinha enganado no caminho e decidiu inverter a marcha, começando a circular em contramão. O condutor foi embater frontalmente noutra viatura que ali circulava.

A colisão fez um ferido grave: o passageiro que acompanhava o jovem de 22 anos. O ferido teve que ser desencarcerado da viatura, tendo sido transportado para o hospital.

O condutor fugiu a pé do local do acidente, abandonando a vítima em estado grave.

O jovem foi depois intercetado por uma viatura policial, junto à ETAR da Avenida de Ceuta, em Lisboa, e levado para o local do acidente onde foi identificado por testemunhas.

Depois de efetuadas diligências, as autoridades apuraram que o jovem não tinha habilitação legal para conduzir, não tinha seguro obrigatório de responsabilidade civil e tinha uma taxa de álcool no sangue superior à que é permitida pela lei.

Foi constituído arguido, sujeito a Termo de Identidade e Residência e libertado por não ter sido apanhado em flagrante delito.

Este acesso à Ponte 25 de Abril esteve cortado na totalidade desde as 06:20 até cerca às 08:00 para operações de socorro e limpeza de via.