A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de seis toneladas de queijo produzido numa unidade do concelho de Oliveira do Hospital, cuja respetiva autorização de fabrico já lhe tinha sido suspensa.

A ASAE apreendeu, na segunda-feira, 5.900 quilos de queijo de cabra (“5.177 quilos de queijo curado e de 723 quilos de queijo fresco”), num valor global “superior a 47 mil euros”, anunciou aquele órgão de polícia criminal.

A apreensão foi feita no âmbito de uma ação de fiscalização da Unidade Regional do Centro da ASAE àquela unidade fabril, localizada na freguesia de Meruge, no concelho de Oliveira do Hospital (distrito de Coimbra), por “suspeita de se encontrar a laborar sem a necessária autorização”.

No decurso das diligências, a ASAE apurou que a queijaria “continuava a produzir queijos, apesar de já lhe ter sido suspensa a sua autorização de laboração”, afirma uma nota da autoridade administrativa nacional, hoje divulgada.

A ação foi desencadeada em colaboração com a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, refere a mesma nota da ASAE.